domingo, 11 de março de 2018

60. Setor primário da economia do estado de São Paulo

   
A atividade agrícola no estado, em grande parte, utiliza métodos modernos como mecanização e tecnologias de manejo de solo e sementes selecionadas, os quais proporcionam alta produtividade. O estado passou por grandes mudanças, e quase todo seu território se destina ao espaço produtivo.
Se a atividade de mineração e pesqueira utilizar maquinários modernos resultando numa produção em larga escala, pertencerá ao setor secundário da economia, pois será considerada como atividade industrial.
A cultura do café foi muito importante na história da ocupação do território paulista e para sua economia, mas atualmente não ocupa mais um lugar de destaque na produção do estado, tendo sido substituído por outras culturas como: feijão, amendoim, algodão, arroz, milho, soja e, principalmente, a cana-de-açúcar e as lavouras de laranja que agora dominam grande parte da produção agrícola do estado.
Em vários municípios paulistas desenvolve-se a fruticultura, isto é, o cultivo de frutas. As principais frutas cultivadas são: banana, laranja, uva, abacaxi e mamão.
O nordeste paulista pode ser considerado uma das principais regiões produtoras e fornecedoras de hortaliças do estado de São Paulo. Atende às centrais de abastecimento paulistas, bem como as de outros estados.

O nordeste paulista pode ser considerado uma das principais regiões produtoras



O nordeste paulista pode ser considerado uma das principais regiões produtoras


A pecuária está presente no estado desde a criação da Vila de São Vicente, no litoral, quando foram introduzidas as primeiras cabeças de gado. Atualmente, destaca-se a criação de gado de corte na região de Presidente Prudente, Araçatuba, Bauru, Barretos, e a pecuária leiteira no Vale do Paraíba, São José do Rio Preto, Araras, entre outros municípios.
A agroindústria é a atividade econômica que usa tecnologia para melhorar a produção e transformar e industrializar esses produtos com o objetivo de comercializá-los em grande escala. Geralmente se instalam no campo, próximas de onde é produzida a matéria-prima. Um exemplo é a indústria sucroalcooleira do estado, que fica próxima às regiões produtoras da matéria-prima (cana). Por esse motivo o estado de São Paulo é conhecido como um estado agroindustrial.
Veja as etapas da industrialização do suco de laranja na região produtora.

Colheita de laranjas em Conchal (SP).



Colheita de laranjas em Conchal (SP).



Transporte da laranja da zona rural até a indústria.



Transporte da laranja da zona rural até a indústria.


Indústria de suco de laranja. Santos (SP).




Indústria de suco de laranja. Santos (SP).



Suco industrializado pronto para ser comercializado no Brasil ou no exterior.



Suco industrializado pronto para ser comercializado no Brasil ou no exterior.



Produto final, o suco de laranja.





   





   

More in SANDERLEI.COM.BR


#JustGo


São Paulo - Conheça seu Estado

O espaço geográfico e sua organização

A organização do espaço geográfico brasileiro

A representação do espaço paulista

O município e sua administração (SP

Atribuições das Câmaras Municipais (SP)

Os símbolos do estado e do município (SP)

A história da configuração do território paulista

Os tratados de limites estabelecendo as fronteiras

A divisão estadual após a independência do Brasil

A divisão estadual após a Proclamação da República

As regiões do estado de São Paulo

São José do Rio Preto (Mesorregião)

Ribeirão Preto (Mesorregião)

Araçatuba (Mesorregião)

Bauru (Mesorregião)

Araraquara (Mesorregião)

Piracicaba (Mesorregião)

Campinas (Mesorregião)

Presidente Prudente (Mesorregião)

Marília (Mesorregião)

Mesorregiões de Assis, Itapetininga e Macrometropolitana Paulista

Vale Paraíba Paulista (Mesorregião)

Litoral Sul Paulista (Mesorregião)

Mesorregião Metropolitana de São Paulo

Região metropolitana de São Paulo

A história dos povos indígenas de São Paulo

A população indígena na região do estado de São Paulo

Os índios Tupinambá do estado de São Paulo

Os índios Guarani do estado de São Paulo

Os índios Tupiniquim do estado de São Paulo

A população indígena no estado de São Paulo em 2016

O início da colonização de São Paulo

A expansão e as bandeiras no estado de São Paulo

As primeiras bandeiras no estado de São Paulo

A importancia do tropeirismo para o estado de São Paulo

A escravidão africana no Brasil e no estado de São Paulo

As comunidades quilombolas no estado de São Paulo na atualidade

Crescimento do estado de São Paulo no século XIX

Os imigrantes e o trabalho assalariado no século XIX em São Paulo

A urbanização no estado de São Paulo no início do século XX

A população atual do estado de São Paulo

O crescimento populacional no estado de São Paulo

Natureza e condições ambientais de São Paulo

Biomas brasileiros

Vegetação nativa do estado de São Paulo entre 1500 a 2015

Formações florestais do estado de São Paulo

A vegetação atual do estado de São Paulo

Áreas de preservação no estado de São Paulo

O clima no estado de São Paulo

O relevo do estado de São Paulo

As águas do estado de São Paulo

Bacias hidrográficas do estado de São Paulo

Utilização dos recursos hídricos no estado de São Paulo

Recursos hídricos - Aquífero Guarani

Rio Tietê (Anhembi) - Um rio e muitas histórias

Preservação histórica e cultural

A preservação histórica e cultural de São Paulo

A formação da cultura de São Paulo

As atividades econômicas do estado de São Paulo

Setor primário da economia do estado de São Paulo

Atividades extrativistas do estado de São Paulo

Setor secundário da economia do estado de São Paulo

Setor terciário da economia do estado de São Paulo

O Turismo no estado de São Paulo

As festas populares no estado de São Paulo


Letras

Lyrics

Poesia

Economia

by Sanderlei Silveira -  http://sanderlei.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário