quinta-feira, 3 de novembro de 2016

40 - A urbanização no estado de São Paulo no início do século XX

   

A distribuição da população brasileira, no início do século XX, foi redefinida pelas profundas mudanças verificadas em função da produção cafeeira das últimas décadas do século XIX. Essa redistribuição populacional estava diretamente ligada à concentração das principais atividades econômicas e ao crescimento urbano. Um dos fatores decisivos para o crescimento da população brasileira, principalmente em São Paulo e na região Sul, foi o grande número de imigrantes europeus que entrou no Brasil, desde meados do século XIX e início do século XX.
A grande entrada de estrangeiros foi determinada principalmente pela expansão cafeeira e pela substituição de mão de obra escrava pela assalariada. Entre 1890 e 1929 entrou no Brasil o maior contingente de imigrantes. Foram cerca de três milhões e quinhentos mil. Mais de um terço desses estrangeiros era composto de italianos (um milhão e trezentos mil), sendo seguidos por portugueses, espanhóis, alemães e outras nacionalidades.
Apesar de o destino destes imigrantes ser as fazendas de café, grande parte deles, insatisfeitos com as condições de trabalho no campo, deslocaram-se para várias cidades, principalmente São Paulo, cujas perspectivas ligadas à indústria prometiam oferecer mais chances de uma vida melhor.
O processo de crescimento urbano se estabeleceu sem que houvesse a estrutura necesssária para suportá-lo e a falta de empregos gerou enormes dificuldades para a população, com grande número de pessoas vivendo precariamente, sobrevivendo à superexploração e aos baixos salários nas indústrias, empregos temporários e subempregos, péssimas condições de moradia em virtude do crescimento de cortiços nos bairros operários do Brás, da Mooca e do Bom Retiro, em que pequenos quartos destinavam-se a numerosas famílias, bem como problemas com o transporte, o abastecimento de água, alimentos insuficientes e a falta de saneamento básico que levava à proliferação de doenças e epidemias.

Imigrantes posando para a foto no pátio central da Hospedaria dos Imigrantes, 1890. São Paulo (SP).





Apesar de não possuir, de modo geral, a infraestrutura necessária para o crescimento populacional, a cidade de São Paulo apresentou transformações através da expansão de alguns serviços urbanos que nem sempre estavam acessíveis a toda população, mas que eram notáveis e surpreendentes para a época.
Alguns espaços públicos passaram por um desenvolvimento, como a instalação do serviço de bondes e trens, a implantação de luz elétrica, telégrafos, rádios, serviços telefônicos, calçamentos, construção de parques, avenidas e um crescente trânsito de automóveis que mudou rapidamente o modo de viver e de conviver na cidade.
O trabalho e as condições de vida dos trabalhadores das fábricas recém-criadas eram muito difíceis. Sua jornada de trabalho era de até 18 horas por dia, nas piores condições ambientais, sem qualquer proteção contra acidentes de trabalho. Além disso, não possuíam estabilidade, descanso, licenças médicas ou férias. Os salários eram baixos e as mulheres e crianças eram exploradas.

Praça da Sé, início do século XX. São Paulo (SP).




Praça da Sé, início do século XX. São Paulo (SP).


O número de horas que trabalhavam por dia dependia da vontade de cada patrão. De modo geral, operavam, em média, das 7 da manhã até as 9 da noite, uma vez que o período de horas de trabalho por dia só foi determinado por lei na década de 1930.
Havia muitas favelas e cortiços sem as mínimas condições de higiene e saneamento básico, onde moravam imigrantes, como espanhóis, italianos, alemães, libaneses, entre outros, além de um grande número de migrantes da região Norte e Nordeste.

Vista interna da Hospedaria dos Imigrantes em 1905. São Paulo (SP).




Vista interna da Hospedaria dos Imigrantes em 1905. São Paulo (SP).


A maioria das fábricas funcionava em prédios adaptados, diferentemente de hoje, que são construídos especificamente para esse fim. Com isso, o trabalho era mais penoso, pois a ventilação era precária e o ambiente se tornava ou muito quente ou muito frio. Os acidentes de trabalho eram frequentes e não existia qualquer tipo de indenização.
As mulheres e as crianças eram utilizadas como operários com remuneração abaixo da que recebia o trabalhador adulto masculino, representando, em 1912, 67% dos trabalhadores das indústrias têxteis de São Paulo.
A Mooca foi uma das primeiras regiões da cidade a enfrentar o processo de industrialização, que teve início no final do século XIX. A região se tornou atrativa pela proximidade com a antiga ferrovia Santos-Jundiaí, então responsável pelo escoamento da produção cafeeira para o litoral paulista. Por essa proximidade, as empresas, movidas a carvão, instalaram-se na Mooca e construíram várias chaminés. Dessa forma, é comum encontrá-las espalhadas pelo bairro, como no terreno da antiga Companhia Antarctica Paulista.

Área industrial na Mooca, 2015. São Paulo (SP).




A classe operária nesse período era composta predominantemente por imigrantes italianos, portugueses e espanhóis. Era comum, contudo, que parte desses imigrantes, após algum tempo, auxiliado pela família que era frequentemente numerosa e com muito trabalho, começasse a prosperar e, em muitos casos, abrisse seu próprio negócio.
O tempo livre dos trabalhadores era escasso, contudo, ainda assim, organizavam-se em sociedades recreativas, casas de jogos e apostas, festas religiosas e piqueniques. Alguns grupos organizavam também algumas representações teatrais em que as associações encenavam peças com conteúdo crítico que denunciava as suas condições de vida e expectativas de mudanças.
Os jornais operários denunciavam as péssimas condições dos trabalhadores e funcionavam como um canal dos diferentes grupos que os publicavam, podendo ser de vários partidos.
O grande número de analfabetos exigia que, na maior parte das vezes, a leitura dos jornais e dos manifestos fosse feita em voz alta para que todos tivessem acesso às informações e pudessem participar das decisões.
A circulação desses jornais não era proibida inicialmente, contudo, com a consequente participação e envolvimento dos trabalhadores, gradativamente passaram a ser censurados e seus redatores perseguidos pela polícia.

AMARAL, Tarsila do. Operários. 1933





AMARAL, Tarsila do. Operários. 1933. Óleo sobre tela, 150 cm x 230 cm. Acervo Artístico-Cultural do Palácio do Governo do Estado de São Paulo. Campos do Jordão (SP).


       
       





Conteúdo completo disponível em:






Links:


Billboard Hot 100 - Letras de Músicas | Song Lyrics - Songtext - Testo Canzone - Paroles Musique - 歌曲歌词 - 歌詞 - كلمات الاغنية - песни Текст

Educação Infantil - Vídeos, Jogos e Atividades Educativas para crianças de 4 à 11 anos

Biomas

Grande Florianópolis (Mesorregião)

São José do Rio Preto (Mesorregião)

Noroeste paranaense (Mesorregião)

Panorama do crescimento do estado do Mato Grosso do Sul

A organização do espaço geográfico brasileiro

Prédios mais altos do mundo

Tesouro líquido - GOTA-D’ÁGUA

Diferentes culturas, diferentes estéticas

Idade Média - História em 1 Minuto

Dom Casmurro - Machado de Assis

Quincas Borba - Machado de Assis

Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

O Diário de Anne Frank

Macunaíma - Mário de Andrade

O Triste Fim de Policarpo Quaresma - Lima Barreto

Mein Kampf - Adolf Hitler

Cinco Minutos - José de Alencar

Salmos - Capítulo 35 - Bíblia Online

Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome

Biografia - Machado de Assis

Poesia - Machado de Assis

Crônicas - Machado de Assis

Teatro - Machado de Assis

Crítica - Machado de Assis

Ressurreição - Machado de Assis

TOP 10: Poesia - Poemas em Português, Espanhol, francês e inglês


Se tu viesses ver-me - Florbela Espanca

Que falta nesta cidade - Gregório de Matos

Flor da Mocidade - Machado de Assis

Velhas Árvores - Olavo Bilac

A Raposa e as Uvas - Manuel Maria Barbosa du Bocage

Marabá - Gonçalves Dias

Los Naranjos

Lorsque l'enfant paraît - Victor Hugo

Fim - Mário de Sá-Carneiro

Sonnet 18 - William Shakespeare

Vos Que, Dolhos Suaves e Serenos

Sonho Branco - Broquéis - João da Cruz e Sousa

Bandido negro - Os Escravos - Castro Alves

As cismas do destino - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesia

TOP 50: PDF para Download - Domínio Público


Livros em PDF para Download

O Mito de Sísifo - Albert Camus

Aos Vinte Anos - Aluísio Azevedo

The Diary of a Young Girl - The Definitive Edition - Anne Frank

Mein Kampf - Adolf Hitler - Download PDF Livro Online

Leonor de Mendonça - Antônio Gonçalves Dias

Uma Estação no Inferno - Arthur Rimbaud

Abel e Helena- Artur Azevedo

Outras Poesias - Augusto dos Anjos

Amor De Perdição - Camilo Castelo Branco

A cachoeira de Paulo Afonso - Castro Alves

As Flores do Mal - Charles Baudelaire

David Copperfield - Charles Dickens

Faróis - Cruz e Sousa

Hell or The Inferno from The divine comedy - Dante Alighieri

A Ilustre Casa de Ramires - Eça de Queiros - PDF

Contos Extraordinários - Edgar Allan Poe

Canudos e outros temas - Euclides da Cunha - PDF

Medeia ελληνικά - Eurípides

Livro Do Desassossego - Fernando Pessoa - Livros em PDF para Download

Gente Pobre - Fiódor Mikhailovitch Dostoiévsk - Fedor Dostoievski

O Último Magnata - Francis Scott Fitzgerald

The Metamorphosis - Franz Kafka - PDF

Madame Bovary - Gustave Flaubert - PDF

Moby Dick - Herman Melville

Teogonía - Hesíodo

Odisséia - Homero - Download

Ulisses - James Joyce

Emma - Jane Austen - Download PDF Livro Online

Fausto - Johann Wolfgang von Goethe

Viagens de Gulliver - Jonathan Swift

Alfarrábios: o Ermitão da Glória - José de Alencar

O Coração das Trevas - Joseph Conrad

A mulher de Anacleto - Lima Barreto - Livros em PDF para Download

Anna Karenina - Leon Tolstói - Download

Os Lusíadas - Luís Vaz de Camões - Download

Machado de Assis

A Cartomante - Machado de Assis - PDF Download Livro Online

Les Essais - Michel de Montaigne - PDF

Marcel Proust - Download PDF Livro Online

Amar verbo intransitivo - Mário de Andrade - PDF Download Livro Online

Don Quixote - Miguel de Cervantes Saavedra

Alma inquieta - Olavo Bilac - PDF Download Livro Online

Metamorfoses II - Públio Ovídio Naso

As jóias da Coroa - Raul Pompeia - PDF Download Livro Online

Antigonas - Sófocles

A Montanha Mágica - Thomas Mann

Eeldrop and Appleplex - T. S. Eliot - Thomas Stearns Eliot

Marília De Dirceu - Tomás Antônio Gonzaga - PDF Download Livro Online

O Corcunda de Notre-Dame - Victor Hugo - PDF Download Livro Online

Eneida - Virgilio

O Quarto de Jacob - Virginia Woolf - PDF

A Tempestade - William-Shakespeare - Livros em PDF para Download

O Som e a Fúria - William Faulkner

Bíblia Sagrada - João Ferreira de Almeida - Bíblia

Bíblia Sagrada - Católica

O Vermelho e o Negro - Stendhal - Henri-Marie Beyle

O Homem Sem Qualidades - Robert Musil

TOP 20: Billboard - Letras de Músicas - Song Lyrics - Songtext


Closer - The Chainsmokers ft. Halsey

Chill Bill - Rob $tone ft. J. Davi$ & Spooks

Do You Mind - DJ Khaled ft. Nicki Minaj, Chris Brown & August Alsina

How I'll Always Be - Tim McGraw

My Shit - A Boogie Wit da Hoodie

80s Mercedes - Maren Morris

Bad Things - Machine Gun Kelly x Camila Cabello

Dirty Laundry - Carrie Underwood

Blow Your Mind (Mwah) - Dua Lipa

Today - Brad Paisley

Ain't My Fault - Zara Larsson

Million Reasons - Lady Gaga

Wanna Be That Song - Brett Eldredge - Song Lyrics

Mercy - Shawn Mendes - Letras de Música

Juju On That Beat (TZ Anthem) - Zay Hilfigerrr & Zayion McCall - Letras de Música

All We Know - The Chainsmokers feat Phoebe Ryan - Letras de Música

False Alarm - The Weeknd - Letras de Música

Say It - Flume feat Tove Lo - Letras de Música

Starboy - The Weeknd feat Daft Punk - Song Lyrics

Side To Side - Ariana Grande feat Nicki Minaj - Song Lyrics

Audiobook, Educação Infantil, Ensino Fundamental


Sala de Aula - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Internet - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Banheiro - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Terceira Idade - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Dança - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Aluno - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Animal Selvagem - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Arco-íris - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Árvore - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Rio de Janeiro - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Atividades Educativas Ensino Fundamental - Aprendendo sobre o Dinheiro

Curso de Inglês em 2 Horas - Nível Básico

Curso de Espanhol em 2 Horas Nível Básico

Revisão de Inglês em 2 Horas Básico e Intermediário

Progress 4GL - DDK-GUI - Datasul

Your Attidute Against SAP Business All-In-One Projects

Lima Barreto - Quase ela deu o sim, mas...

Esaú e Jacó - Machado de Assis

Diva - José de Alencar

A Dívida - Artur de Azevedo

Luís Soares - Contos Fluminenses e Histórias da Meia-Noite - 01 - Machado de Assis

Singularidades de uma rapariga loura, parte 2 - Contos de Eça de Queirós

Um Club da Má Língua - Fiódor Dostoiévski

Casa Velha - Machado de Assis

Amor de Perdição - Camilo Castelo Branco

À Margem da História - Euclides da Cunha

A Tempestade; Morte de Iracema; O Pampa - Eugênio Werneck - Antologia Brasileira

Os Sertões - Euclides da Cunha

O Alienista - Machado de Assis

O Triste Fim de Policarpo Quaresma - Lima Barreto

A Mão e a Luva - Machado de Assis

O Ateneu - Raul Pompeia

Contos para Velhos - Olavo Bilac

Contos Lima Barreto

Gênesis - Bíblia

Pride and Prejudice - Jane Austen

TOP 50: BLOG by Sanderlei Silveira


Biomas brasileiros - Santa Catarina - Conheça seu Estado (História e Geografia)

Idade das Religiões - História em 1 Minuto

As festas populares no estado de São Paulo - SP

O tropeirismo no estado do Paraná - PR

Pantanal – Patrimônio Natural da Humanidade - MS

Prédios mais altos do Mundo e do Brasil (Atualizado até 10/2016)

Os símbolos do estado do Rio de Janeiro - RJ

Poesia - Sanderlei Silveira

Canção do exílio - Gonçalves Dias

How Do I Love Thee? - Sonnet 43 - Elizabeth Barrett Browning

The Road Not Taken - Robert Frost - Poetry in English

24K Magic - Bruno Mars - Letra Música

POVO E RAÇA - Mein Kampf (Minha luta) - Adolf Hitler

Macunaíma - Mário de Andrade

Tendências de mercado - Economia em 1 Minuto

O navio negreiro - Os Escravos - Castro Alves

Antífona - Broquéis - João da Cruz e Sousa

Euclides da Cunha - Os Sertões (Áudio Livro)

A aia - Contos de Eça de Queirós

Diva - José de Alencar - Audiobook

Amor é fogo que arde sem se ver - Sonetos - Poemas de Amor - Luís Vaz de Camões

Versos íntimos - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesias

Curso de Espanhol Online - Grátis e Completo

Curso de Inglês Online - Grátis e Completo

O Diário de Anne Frank

Casa Velha – Machado de Assis - Livros em PDF para Download (Domínio Público)

Introduction to Design Thinking with SAP - SAP - Course Free Online

Totvs - Datasul - Treinamento Online (Gratuito)

Mitología Griega - Historia en 1 Minuto

Religion - Ancient History - History in 1 Minute

Salmos 22 - Bíblia Online

Olavo Bilac - Contos para Velhos - Áudio Livro

A Doença do Fabrício - Contos - Artur de Azevedo

Contos - Lima Barreto - Áudio Livro - Audiobook

Jane Austen - Pride and Prejudice - AudioBook

Material de apoio para Pais e Professores - Educação Infantil - Nível 1 (crianças entre 4 a 6 anos)

Sala de Aula - Educação Infantil - Nível 2 (crianças entre 5 a 7 anos)

Brincadeira - Educação Infantil - Nível 3 (crianças entre 6 a 8 anos)

Idioma Português - Educação Infantil - Nível 4 (crianças entre 7 a 9 anos)

Rio São Francisco - Educação Infantil - Nível 5 (crianças entre 8 a 10 anos)

Livros - Educação Infantil - Nível 6 (crianças entre 9 a 11 anos)

MISS DOLLAR - Machado de Assis

Quincas Borba - Machado de Assis

Crisálidas - Poesia - Machado de Assis

TU SERÁS FELIZ, BENTINHO - Dom Casmurro

O ALIENISTA - Papéis Avulsos

EMBARGOS DE TERCEIRO - A Mão e a Luva

Tu, só tu, puro amor - Teatro - Machado de Assis

Cartas Fluminenses - Crônica - Machado de Assis

Helena - Machado de Assis

JOGO PERIGOSO - Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

MELHOR DE DESCER QUE DE SUBIR - Esaú e Jacó - Machado de Assis


Nenhum comentário:

Postar um comentário